domingo, 30 de novembro de 2008

Toda a verdade

Olá a todos!
Desta vez, no quarto ciclo de tratamento, a coisa foi um bocadito mais difícil do que é costume, mas parece-me que irá começa a melhor hoje. Assim aparenta vir a ser e assim o espero, sinceramente. O cansaço é brutal, tenho dores de cabeça e no corpo, uma sensação de sinusite (talvez seja mesmo isso...) e uma tremenda falta de boa disposição que, como é natural, não ajuda nada. A dra. Manuela aceitou receitar-me algo mais forte no domínio dos anti-depressivos já que ultimamente tenho andando um pouco menos arrebitada e dada a pensamentos menos simpáticos.
Gosto de vir aqui dar boas notícias e admirar-me quando vocês me chamam forte e corajosa. Mas a sensação que tenho agora é que estou a "cair na real" e essas características, de facto, não imperam por aqui. Talvez tenham de começar a reconsiderar e perceber que, afinal, sou uma fraude: uma grande medricas, com medo de morrer antes de ter tempo de dar à minha filha o muito que ainda tenho para ela e... de deixar as fotografias, os filmes e a papelada todos organizados, claro!
Beijos,
T.

P.S. Quero muitos carnavais e muitas festas de balé da minha princesa!









(como será que se põe uma foto de pé?)

10 comentários:

Ninia disse...

A fase que estás a passar também é necessária, ou seja, tinha que acontecer. Só os não lúcidos não passariam por ela. E isso é uma coisa que tu não és. Tu és uma super mulher, não uma tonta.

Mas objectivamente, tu sabes que a má disposição que sentes com grande impacto no (des)ânimo que te acompanha, é da cura. E essa está a funcionar.

PS - Quanto à foto: tens que a abrir num programa qualquer de edição de imagem, rodá-la, gravar o ficherio e voilá, publicar.

Anónimo disse...

Querida directora, esta falta de ânimo deve-se ao teu cansaço físico. E isso é o que te está a curar. Custa, sim... e nem imagino o quanto, só pelo que nos descreves. Mas acredita é só hoje, amanhã já vais estar melhor. Força. E mesmo os corajosos têm direito a serem medricas. O que te faz assim, corajosa, não é o facto de não sentires medo. É senti-lo mas enfrentar e combater esse bicho. Pega o touro pelos cornos e não lhe dês tréguas. Mostra-lhe que és mais feroz do que ele. Força. Todos lutamos contigo. Xau-xau, até amanhã, até amanhã

Anónimo disse...

O facto de teres esses medos não faz de ti uma medricas, apenas uma pessoa com sentimentos e lucidez, dentro da sua enorme força.
Não seria normal que isso não te passa-se pela cabeça, mas não percas o tempo que estás com ela e com todos nós, a pensar no tempo em que poderás não estar...
Vais aprender a viver com esta nova realidade, e ainda é cedo e todos os dias chegam ideias novas à tua cabeça, é normal, mas vai melhorar, vais ver...
Tudo vai melhorar, tenho a certeza!
Beijos mana grande,
m

ana disse...

Mas o que é que tem a ver o posterior com as calças, menina? És uma mulher racional e inteligente, portanto é lógico que tenhas medo, estranho seria não teres. A coragem não é ausência de medo, é continuar a lutar mesmo com ele. Abraço.

carla a disse...

Depois da tempestade a bonança... já diziam os antigos. E isso é o que lhe está acontecer, atravessa uma valente tempestade que só a vai deixar ainda com mais força e mais vontade de lutar por tudo o que tem direito, sorte, saúde e muita felicidade. E claro que com uma princesa destas só pode dar mais vontade de ir à guerra e voltar somente com uns arranhões. Agora esta na m...., mas ainda vai mandar muito boa gente para esse sítio e já agora também a "besta" que a atormenta. MUITOS BEIJINHOS Carla

Anónimo disse...

Todos nós por mais fortes que sejamos, também temos medo. Eu considero-me uma pessoa forte e corajosa, mas em alguns momentos da minha vida já tive os meus medos.
Tens uma linda princesa que precisa de ti e ela também te vai ajudar a continuares em frente, a lutar contra esse "demónio".
Vais conseguir Teresa,mesmo com medos e alguns momentos menos bons.

Um beijo

São

Moema disse...

Teresa,
O medo, a insegurança,a dúvida... assim como a esperança, são sinais de que estás viva e lúcida, pronta para a luta.
Força aí, heim?
Beijão, Moema

Anónimo disse...

Segue Linda, segue e avança. A tua Força vai voltar a encontrar-se contigo... confia.
Beijos grandes
Cidália

Anónimo disse...

Então Teresa?! Nesta altura tens de viver um dia atrás do outro e ir contando os dias que faltam para o fim do tratamento e passares à fase seguinte. Levanta-te e anima-te porque amanhã a chuva vai dar tréguas para fazeres a tua caminhada matinal.
Beijos
Sónia

Marisa disse...

Todos temos medo de morrer, não és só tu!
Todos somos medricas quando estamos a passar por situações difíceis.
Todos queremos dar o melhor e o mais que pudermos, durante o máximo tempo posível, àqueles que amamos...
Como vês, não és nada do que disses-te! És mesmo uma pessoa cheia de força!

Beijocas
Marisa Carvalho