quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

É ela!


(um algodão doce numa mão e um copo de vinho quente na outra dizem tudo)

Quem ainda não a conhecer que me ligue, para eu vos apresentar. Todos têm de conhecer a Filipa, a miúda mais saudavelmente louca que existe à face da Terra. Assina com o nome de Fipas e sim, foi ela que hoje me deu cinco! mensagens de uma só penada. Com o seu Paulo Nuno, que teve um grande olho para a caçar e acabar com a lista de namoradas completamente sem graça que teve antes, formam o casal mais adiantado mental que anda por aí. Trabalham, estudam (tiram cursos, mestrados e doutoramentos), viajam (para sítios como a Austrália), fazem jantares em casa (com comida maravilhosa cozinhada pela Filipa), vão ao futebol (Spooorting!), têm gatos, milhões de amigos, sobrinhas, afilhadas (uma delas a minha Jo), e sempre tempo e paciência para tudo e todos, com uma alegria verdadeiramente contagiante. Agradeço-lhes por serem meus amigos há já alguns milhões de anos. Pronto, já chega. A todos os outros amigos, um grande bem-haja pelas muitas mensagens deste dia, altamente animadoras.

Hoje fiz a ressonância magnética mamária e a médica radiologista, no final, disse-me que eu estava "muito melhor". Aguardo agora pelo relatório que nos conte mais sobre essas melhoras, que já a minha médica e eu tinhamos "adivinhado" pela apalpação e pela queda dos valores tumorais nas análises de sangue. Um grande obrigado ao meu assistente-chefe que levou com três horas e meia de sala de espera, aquele grande espaço de convívio troca-maleitas, praticamente insuportável para alguns de nós, imagine-se para quem esteja são... Foi uma companhia preciosa, que continuou por mais hora e meia no trânsito de regresso à Parede. Como é possível passar-se por uma coisa destas todos os dias? Bendito emprego perto de casa.

Amanhã há mais: a cintigrafia óssea, que tem a particularidade de, só por si, ter um intervalo de duas horas entre a injecção de contraste e a fotografia final (que demora para aí meia-hora a tirar, da cabeça aos pés), a que se acrescenta, no pacote, mais duas horas de sala de espera. Também vai ser uma tarde de conversa animada a trocar doenças com as colegas, ali, em regra geral com mais de 70 anos... E, sem a companhia do assistente, vai ser a loucura total. Elas quando vêem uma jovem bela como eu e a pressentem frágil, atiram-se à conversa. Não quero parecer arrogante, até porque lhes desejo o melhor, mas não posso esquecer-me de levar o iPod, que tem efeito repelente sobre as queridas colegas.

Vitória, vitória, acabou-se a história.
Beijinhos, xixi, cama.
T.

P.S. Ah, e a Filipa ainda é uma bela fotógrafa, autora da picture de abertura deste blogue

9 comentários:

Anónimo disse...

Olá bom dia filhota, cá estou eu a ler as notícias que são animadoras, e hão-de continuar a ser se Deus quizer,mais um pouco de paciência para essas horas de espera que eu acredito que são horriveís, podias ter dito que eu ia contigo.
A nossa velhota vai recuperando aos poucos,está cheia de saudades vossas.
Um bom dia para ti e acredita que tudo vai correr bem beijos grandes amor.
nina

pnv disse...

Bolas, bolas, bolas... quase verti uma lágrima. Mas, a custo, sustive-a. Obrigado pelas palavras.

Mais importante são as melhoras que já adivinhávamos e que se comprovaram.
Só podem servir para teres mais força e acreditares ainda mais.

Obrigado tu, por seres minha Amiga!

Fipas disse...

Nossa querida amiga, se me conseguires imaginar com o queixo pelos joelhos, vermelha que nem um tomate e muda de todo, sem palavras, sou eu neste momento :) E as tuas vieram num timing incrível! Acreditas que ontem ao escrever os posts no teu blog animou o meu dia? E hoje venho aqui, escrever um post para os "five" e leio as palavras mais bonitas e generosas que alguma vez nos dirigiram... estou aqui toda inchada (não por causa do pequeno-almoço) mas porque tenho o coração cheio...

Estou há meia hora a tentar escrever algo, não consigo... Estas coisas não se agradecem, mas... obrigada nós por seres nossa amiga! Damos-te de volta aquilo que significas para nós! E dos "milhões" de amigos que existem nas nossas vidas, poucos são os que têm a tua Estrelinha.

Força nessses tratamentos, dá cabo da cabeça às velhotas. Leva umas Telenovelas ou outras revistas do género para dar às velhotas, ficarão todas contentes e entretidas durante algum tempo e poderás ouvir o teu iPod sem ruído de fundo!!!! ahahahahahahha!!!

Força Força Força!!

Este fim-de-semana não te escapas, muffins de chocolate!!!

Anónimo disse...

As notícias são, e vão continuar a ser, animadoras. Há que ter FÉ. Visito o teu blog regularmente, por vezes todos os dias, mas confesso que nem sempre deixo mensagem. Prefiro falar contigo pessoalmente quando vens à Redacção mostrar que a doença não te derruba e nos abraçamos. Um bom fds para ti. Ai esse marido, não tem um irmão? :-))

isabel disse...

Lembrei-me que não gostas de anónimos. Sou eu!
isabel

Carla disse...

Hoje sou eu o nº5 e garanto que fiquei contente com as notícias, está a meio caminho do fim. Com os amigos que tem, força não lhe deve faltar. MUITOS BEIJINHOS

ana disse...

Os amigos são, de facto, do melhor que se pode ter nesta vida. Fico feliz por estares rodeada deles, ainda por cima de alta qualidade, mas isso não me surpreende: sei que mereces inteiramente a amizade que te dedicam. Quanto a salas de espera, também sou totalmente alérgica. Leva iPod, leva livrinho, e faz cara de antipática, por muito que custe.

Ana Freitas disse...

Já faziam falta algumas boas notícias. O melhor é que estas vão ser as primeiras de muitas, vais ver! Um beijo grande.

Anónimo disse...

Fico muito contente com as óptimas notícias de hoje.
Eu só de pensar que tenho de estar numa sala de espera de um simples consultório médico , já fico traumatizada,imagino tu coitada tantas horas a ouvir as velhotas.Leva o ipod elas assim não te dizem nada.
As notícias vão continuar a ser boas. ACREDITA e muita FORÇA
Até amanhã.
Beijos

São