quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Contrariedades

Hoje foi dia de burocracias. Desde que a minha existência decidiu ganhar vida própria e escapar definitivamente ao apertado controlo que lhe fazia, já não me surpreendem as situações inesperadas com que lido amiúde.
Agora, o apoio financeiro que era certo por parte de uma associação mutualista de jornalistas, já não é. Ora era nesse pressuposto (fundamentado por informações anteriores, bastante claras) que eu estava quando decidi que a médica que queria era a minha primeira, no sector privado. Pedem papéis, querem orçamentos, relatórios, enfim, uma pessoa não pode estar doente em paz? A saga ainda agora começou e eu já estou a stressar...
Bom, meus amigos, assim me despeço hoje, lamentando informar também que a árvore de Natal continua por completar (fomos rápidas a começar mas agora ir lá acima procurar luzinhas é que é pior). Espero que estejam todos bem. Vou agora fazer as minhas visitas.

Beijocas
Teresa

21 comentários:

Natália disse...

Olá Teresa.Quando começa a burocracia está tudo tramado e então que agora os seguros cada vez estão mais exigentes,eu bem vi o problema que foi agora com o seguro da casa do meu filho,pegam por tudo e por nada.
Desejo que corra tudo bem e que possas ir para essa medica,não comeces a stressar.
Beijinhos e boa noite.

Janine disse...

Cara Teresa,

Vim só dar um beijinho...
Espero que esse problema se resolva rapidamente e sem grandes stresses...
Um beijinho com carinho

Ninia disse...

Olá T. Já estou em casa. Tudo bem.
E essas questões resolvem-se todas. Nem que seja, pagando.

Anónimo disse...

Só tenho uma coisa para dizer:
Gaita!!
P.S
Atchhhim!
TM

Xekim disse...

Oi Amiga. Então?

Se puder xutar na burocracia,não olhe pra trás.

Papeis e mais papeis é a vida deles mas não a nossa.

Espero, como seu amigo, uma rápida resolução.

Beijinhos Teresa.

maguie disse...

tudo se vai resolver mas sem stress,seguradoras são assim mesmo, muito gostam de papeis e mais papeis...enfim, tem calma...
boa noite
beijokas
..

Anónimo disse...

Márcia diz:
Olá Teresa,nem me fale de burocracia,hoje meu marido quase endoidou para conseguir as tais papeladas no plano de saúde que temos,com muita paciência conseguiu a liberação da minha cirurgia...mas foi desgastante...
Vai com calma...como se diz aqui no Brasil:muita calma nessa hora!!!
Boa noite ,dorme com os anjos!!!

Teresa disse...

Obrigada Natália, Janine, Ninia, Xequim, Maguie, Márcia, pelas mensagens e um beijinho especial à TM que está a sofrer com a constipação. As melhoras, amiga.
Beijos a todos.
T.

Janine disse...

Cara Teresa,
Obrigada pela visita de há pouco...
Esqueci-me de lhe dizer que copiei o seu globo para o meu blog porque realmente é muito mais interactivo...;) Assim sempre dá para ter uma ideia dos amigos preguiçosos (ou envergonhados) que nos visitam e nada escrevem... ;)
Um beijinho grande de boa noite

Geninha disse...

Teresa
Já tentei mandar dois comentarios, mas eles fogem

bjs

Lina Querubim disse...

Boa noite teresa
burucracias arrgggg esquece por hoje!
E a árvore aqui a malta espera :) não saímos daqui mesmo ihihiihihi beijokas e dorme com os Anjos

Cinda disse...

Olá, boa noite Teresa. Infelizmente o que mais temos é borucracias neste país.Sei o que isso é, porque também tive de pedir autorizações para ser feita a reconstrução na privada. Quanto às dúvidas que foram postas no meu blogue, nem todas nós temos de tomar a dita injecção. Após a mastectomia eu fiz 6 ciclos de quimio muito forte e logo no mês seguinte comecei a fazer a injecção mensal, porque era evasivo e hormonal. Fiz o Zoladex durante dois anos e agora desde o início deste ano, estou a fazer a trimestral. Quanto ao Arimidex, é o mesmo que o Tamoxifeno, apenas com a variante de não me provocar edema, pois já fui operada às varizes.
A injecção não dói tanto assim. Na hora de espetar a agulha sentimos mais,mas depois não se sente nada nem efeitos secundários. Uma das tácticas é respirar fundo quando a enfermeira espeta a agulha, assim quase não se sente.
Quanto ao Natal, este ano sinto-me um pouco desacrditada. Pois andei no terreno durante a campanha eleitoral e vi coisas que me magoaram muito. A maioria das pessoas não tem a consciência da forma como vivem muitas pessoas e essencialmente crianças.
Pode ser que este ano eu consiga com a minha filha se despegue dos brinquedos de criança guardados religiosamente.
Ela acompanhou-me e cresceu muito durante estes dois meses de rua.
Bom, vou ficar por aqui que já é muito tarde, pois cheguei agora de uma reunião e vim dar uma voltinha pelo espaço cibernautico a ver se havia novidades.
Muita força e nada de baixar os braços porque dos fracos não reza a história e ainda há muito para dar, fazer e educar.
Beijos grandes para a mãe e a filhota.

Anónimo disse...

Márcia diz:
Bommm diaaa TeresaPL,tenha uma abençoada quinta feira!!!!
beijinss

Natália disse...

Olá Teresa bom dia.
Olha estou a ler uma revista que trás um pudim de chocolate e canela que me está a abrir o apetite,será que te diz alguma coisa?
Beijinhos

Anónimo disse...

Olá Teresa, não stresses com a burocracia, infelizmente vivemos no país dos papéis.Espero que o resto da semana te corra bem.
Beijos
São

Anónimo disse...

Passando por aqui para dar um alo tambem... T gosto de ver o revolver map tambem. Lamento esses imprevistos e inconveniencias com a parte burocaratica dessa via-crucis, oh my, frustrating, but try not to let it get to you too much. Rise above it, beyond and touch Eternity by doing what you can to handle the situation and then letting the Spirit intercede. De maos dadas, maria

Anónimo disse...

Amigos da minha amiga, sao meus... vamos dancar?
http://www.youtube.com/watch?v=OEdVfyt-mLw

Geninha disse...

Amiga da TeresaP

Adorei, achei o maximo.

Obrigada pela dança.

Beijinhos

Natália disse...

Olá Amiga da minha Amiga e minha Amiga também,já fui ver é lindo.
Tenho pena se as outras amigas não virem o video,é enternecedor e tem uma coreografia linda,então no fim é um espectáculo.
Beijinhos e obrigado.


Beijinhos Teresa e boa noite.

maguie disse...

Boa noite Teresa

beijinhos
..

Teresa disse...

Obrigada, Maria, adorámos!
Beijo grande
T.