terça-feira, 12 de outubro de 2010

Não leiam isto que não vale a pena. A sério

Levantar às 7 (tomar banho, vestir, levantar a Joana, ajudá-la a vestir-se, pequeno-almoço, escrever nota para empregada, procurar a chave do carro e o comando da garagem que por obra mágica diária nunca estão juntos)
Sair de casa às 8 e deixar a Joana na escola (ficar na fila, sair do carro, puxar a mala dela, que pesa uma tonelada, apanhar chuva se for caso disso, sair rapidamente dali que há mais paizinhos com crianças para largar)
Chegar ao trabalho às 9 em ponto (filas de trânsito por todo o lado, marginal entupida, autoestrada imprópria logo nas portagens, muita paciência para fazer em 45 minutos um trajecto de apenas 10) e embirrar com toda a gente que chega mais tarde invocando todos os problemas por que eu acabei de passar.
Trabalhar sem parar até à uma e meia da manhã.
Chegar a casa às duas (e entrar para a garagem com pânico de ser assaltada)
Fogar bejewled blitz cerca de 30 minutos até conseguir soltar a adrenalina acumulada todo o dia.
Ir para a cama ler e continuar à espera que o sono apareça.
Dormir das 3 às 7, mais coisa menos coisa.

Acabam de se passar as 24 horas mais estúpidas da semana.

Acordar às 7 e, depois de levar a Joana à escola, voltar para casa.
Dormir das 9 às 11 enquanto se faz de conta que não se ouviu o telefone tocar duas vezes, receber três mensagens e a porta tocar uma vez - quem poderia ser, meu deus, senão o rapaz da Dica da Semana? -
Acordar às 11 e correr para a escola para ir buscar a Joana para ir ao dentista.
Estacionar o carro e andar a pé para o dentista.
Esperar pelo dentista.
Ouvir uma reprimenda do dentista porque não dei não sei quantas voltas ao aparelho da miúda (só hoje é que percebi o que era para fazer)
Voltar a casa e dar de almoço à Joana.
Ir levá-la à escola.

Voltar a casa e escrever isto (vai ser de certeza o melhor momento das primeiras 48 horas da semana). E pensar no que ainda há para fazer hoje... Ora então, dois pontos:
- ir trabalhar
- estar (outra vez!!) na escola da Jo às 6
- levá-la à natação que começa às 6.50 (entrar no ginásio - o primeiro bruxedo porque o acompanhante, eu, não tem cartão e tem de se acenar para uma recepção cheia de gente até que alguém nos veja e abra o torniquete - ajudar a despir, ajudar a vestir e pôr a touca e tudo novamente no regresso, com o bónus de incluir banho, sendo que entretando voltei a sair e a entrar pelo método do aceno e ainda tenho de sair outra vez - são ao todo quatro acenos/ó fachavor, com a opção de ficar 50 minutos sentada no balneário).
- voltar para casa e acabar os TPC se os houver (e há sempre).
- dar-lhe de jantar
- suplicar-lhe que nos deitemos imediatamente e rezar para que adormeçamos o mais rapidamente possível...

E quando parece que tudo terminou... Estarei eu a dormir o merecido sono e...
pelas 1 ou 2 da manhã, chega o Júnior e faz um barulho enorme a entrar, a comer (liga o micro-ondas, arrasta a cadeira, bate com pratos)... e eu acordo, fico furiosa, digo-lhe que é isto todas as semanas, zangamo-nos (mais propriamente zango-me sozinha) e quando ele se deita volto a tentar adormecer (às vezes é difícil porque entretanto já ele ressona) e... acordo às 7!

Desculpem a seca, na verdade eu deveria apagar isto, mas já está escrito, foi o meu momento-libertação do dia e não posso varrê-lo assim. Eu sei que não é nada de especial, toda a gente tem  muito que fazer, mas pronto, fica o desabafo.
Se leram, as minhas desculpas e o meu agradecimento.

Beijos,
T.

E a sorte foi que omiti o relato do que se passou durante todo o dia de segunda...

16 comentários:

Nela disse...

Uff...
Pronto, sobreviveste!

maguie disse...

Chiçaaaaa ainda estas viva??? até eu fiquei cansada com o teu cansaço , mulher tira ferias lolllll
Dias melhores virão acredita

ah e sabado podes descarregar toda a drenalina em cima do gang elas aguentam, eu não que sou fraquinha de ossos heheheheh....

beijokas
..

Natália disse...

Credoooooo
Estou cansada!
Nem consigo respirar.
Mas como a Nela diz ...Sobreviveste.
Beijinhos

angelina disse...

Que dia tão complicado lol
beijinhos Teresa

Geninha disse...

Teresa GANDA MULHERI!!!!

Não aguentava nem 1/10....

Beijinhos

Lina Querubim disse...

Ai Milheri cansei só de te ler!
Tens que ver se acalmas o facho :p não consegues que alguém divida esses horários contigo???
O levar a Jo ao ginásio e ir buscá-la e outras coisitas. Para que tenhas algum tempo mais reservado para ti!
Beijokas e haja folgo ;o)

Madalena disse...

Lindona querida, és mesmo uma grande mulher. E uma grande jogadora de Bejeweled... Orgulho-me da tua amizade e do teu carinho. MUuuuuuuuuuuuuuuito!
Beijinhosssssssssss

IsaLenca disse...

Sobreviveste e vives! Isso é que é o importante. Os "ramram" do dia-a-dia são danaditos, às vezes apetece deitar tudo da janela para fora. Mas....que bom cá estares para poderes continuar a tratar de tudo dessa forma tão expedita e "normal".

E, pelo meio, não te esquieças nunca dos bocadinhos....mesmo inhos....que são tão bons e nos fazem esquecer tudo o resto!!

E penso que um "inhito" será já no próximo sábado!

Bjs e...não há nada para desculpar mesmo.

gabriela disse...

Até eu já estou cansada ufa isso é que é uma correria logo de manhã, beijokas

Gatapininha disse...

Ok
Agora multiplica por dois e com portão da garagem manual!
lol

jokas

Cinda disse...

E pronto. Aqui está mais uma sobrevivente nesta selva humana.
Mulher, podes não dormir muito, mas acordas e está aqui para contar a história.
Vão vir dias bem melhores........
Beijocas grande guerreira.
Quando o teu tesouro for um caditito maior, vais ver que tens saudades desta lufa-lufa.

Anónimo disse...

pois...essa lufa lufa passa depressa, por muito que custe, vai passar depressa e, por muito (mais) que custe acreditar..vais ter saudades!
Afinal, o almoço, a que horas - no mesmo sítio??? e quantas somos, alguém me diz????
Beijocas
TM

Marcia disse...

TPlindona,sabe que tirou minha curiosidade?!?!?!?
Sempre tento imaginar,como é o dia de todas,para ver se estou tendo uma vida normal após os tratamentos...
Juro que fiquei pasma,pela grande mulher(não só no tamanho,of course),acho que não aguentaria um corre-corre destes.
E,pronto,passou a ter uma admiradora!
Gostei muito do que ,achou ter pensado que não valeria a pena ler.
Obrigado,pela partilha.
beijinssss

Anónimo disse...

Cá para mim andas-te a esticar um bocadinho... mas isso é só a minha opinião, que não interessa nada...
Beijos e força, que pelos vistos andas mesmo a precisar...
Mas a vida é mesmo assim não é?!! E pelo que tenho visto os teus fins de semana têm sido bem bons...
Beijo mana

Graça disse...

Nem sei o que te dizer...
Mas podes juntar-te cá à JE!!
Esta vida não está nada fácil!!
Temos que ser Super Gajas, não temos outro remédio!!
beijinhos.

Anónimo disse...

E eu que achava que a minha vida era um corre, corre, comparada com a da Teresa, não é nada!!!....mas que somos Super Mulheres ai isso somos...Bj. grande - Ester