domingo, 12 de dezembro de 2010

Obrigada, mesmo!

Tenho mesmo de agradecer.

Agradecer aos amigos de sempre, os que estiveram aqui em todos os momentos bons ou maus e que, ao longo de décadas, me têm ensinado o que é o amor na amizade.

Agradecer a amigos mais recentes, que há já vários anos me vêm a oferecer uma nova visão da vida, assim como a entender a importância de um bom copo de vinho.

Agradecer às amigas dos blogues, amigas do peito e do coração, já indispensáveis. Por muito que receba, há partilhas que só fazem sentido entre nós. As nossas experiências tornaram-nos irmãs, em todos os sentidos da palavra.

Agradecer aos amigos de adolescência que reapareceram quando eu mais precisei e trouxeram boas memórias e alegrias que sabe sempre tão bem recordar.

Agradecer a alguns colegas de trabalho que estão sempre de olho em mim e que, sem alarido mas com firmeza, me ajudam a tratar mais e melhor da minha saúde.

Agradecer aos amigos que vivem noutro Continente e que este ano vieram ver-me e demonstrar com clareza que os anos e a distância não diminuiram os fortes laços que nos unem.


Agradecer à família que, sem me roubar o espaço de que preciso, está sempre ali como porto seguro. As minhas manas, os pais e seus pares, as avós, a tia...

Agradecer ao meu marido e à minha filha por me amarem e por me deixarem amá-los também.

Agradecer à minha médica por tratar tão bem de mim.

Agradecer a quem pensa em mim e eu não sei.
Agradecer a quem pensa em mim e eu sei e, sei lá porquê, não dou o devido valor.

Agradecer a Deus por me ter deixado ficar aqui, nem que seja só mais um bocadinho.

Obrigada a todos.
T.

PS
E não esquecermos, todos, de agradecer às pessoas que dão o seu tempo em prol das necessidades dos outros e que fazem da prática do bem o seu modo de vida.

17 comentários:

Anónimo disse...

Lindo texto!
Agradeço ter-te conhecido, mesmo pelas razões que nos juntaram. Na parte que me toca, seguramente que és das pessoas que contribuíram para que me consiga motivar mais e melhor, assegurando que o meu dia-a-dia é sempre inspirado pelo desejo de viver.
Um beijo
TM

Lina Querubim disse...

E porque nada é por acaso agradeço a "Deus" te ter colocado no meu caminho :o)
É bom saber que ACREDITAS em mais para além de ti ;o) beijokas fica com os Anjos!

Lina Querubim disse...

as fotos estão um must :p que rico fotografo :p

Natália disse...

Eu agradeço o ter-te conhecido.
Agradeço a tua Amizade.
Agradeço o teu Carinho.

Agradeço...Agradeço...Agradeço.

Beijinhos Amiga.

angelina disse...

eu tambem agradeço em te conheçer
mesmo que seja de uma maneira virtual
no meu coração existes de uma maneira real
beijinhos

Graça disse...

Prima,
Não é preciso agradecer tanto!! ...parece que te estás a despedir... que coisa!!, se nos encontramos, se fizemos grandes Amizades, é porque merecemos, tinha que haver algo de positivo na maldita doença!! valha-nos isso, nada nesta vida acontece por acaso!!
Beijinhos

Nela disse...

Também eu te agradeço por me deixares fazer parte de uma dessas categorias!

sonia disse...

Sabes Teresa,eu tenho a certeza que esta doença apareceu-nos para darmos muito mais valor a tudo o que nos rodeia e transformar-nos nas pessoas que somos hoje...

Adorei ler este post e sei que ainda vamos beber muitos cafézinhos e dividirmos a ilha nalguns dias de sol,ehehheh

Beijinhos e boa semana

gabriela disse...

Bem eu não tenho palavras, resumindo bem haja por me deixares ser tua amiga és uma mulher fantástica beijo grande

maguie disse...

Eu tb agradeço por existires!!!!
Obrigado por me dares o prazer da tua amizade!!!
Beijinhos
..

IsaLenca disse...

Chega o Nataç e o final do ano e toca a fazer um balanço! Neste caso cheio de agradecimentos.
Bonito texto e eu também agradeço deixares que eu faça parte deste grupo de amigas tão impecáveis e com um "loucura" saudável e contagiante!

Bjs

Anónimo disse...

Que belo texto Teresa, e ainda bem que te conheci..,tb agradeço a tua amizade, uma boa semana. Beijinhos -Ester

Janine disse...

Querida Teresa,
O aproximar do fim do ano tem sempre destas coisas de pôr as pessoas a fazer balanços e mais sentimentais. Eu acho sempre muito bonito. E neste caso especial, ainda mais.
Adorei os dois últimos posts. E adorei este. Os afectos são essenciais para que a Força continue inabalável e o Amor torne tudo sempre muito Especial.
Para uma Pessoa que me ajuda sempre a valorizar as coisas mais importantes da vida (mesmo que seja por um simples post) desejo tudo de bom neste final de ano e um 2011 cheio de "hojes" bem vividos.

"O que me interessa agora é o hoje e o que vou fazer para celebrá-lo."

Um 2011 cheio de obrigações!("Descobrir que as minhas obrigações também são vida e que me dá gozo poder levá-las a cabo é uma satisfação nova nesta minha nova vida")

"E já tenho frase para 2011: Quando se quer, arranja-se tempo; quando não se quer, arranjam-se desculpas."
E tirei um tempito para dizer que eu é que agradeço pelo prazer que tenho sempre que comunicamos e sempre que leio este espaço. Um beijinho com muito carinho

Gatapininha disse...

Obrigada eu:)
jokas

Teresa disse...

TM, ser uma contribuição positiva na tua vida, é uma honra para mim. És uma força da natureza e muito me tens ensinado (ou não tivesses tu idade para ser minha mãe...)

Linita, de vez em quando descobres em mim as fés camufladas que me habitam... Já não é a primeira vez...

Nat, faço minhas as tuas palavras. És especial, já sabes.

Angel, és um anjo para todas nós. Qualquer dia vamos ter contigo a Párri.

Prima Graça, despedir? Nem pensar! Agradecer nunca é demais, em especial quando o fiz tão pouco na vida.

Nela, estás em mais do que uma categoria. (és, aliás, uma mulher de muita categoria!)

Sónia, nem penses, a ilha é MINHA! Mas talvez te deixe ir lá beber um café... :-)

Gabi, tu é que me deixas sem palavras. Obrigada por estares connosco e seres uma de nós, felizmente sem a razão principal

Maguiezinha, abriste-me a porta a isto tudo!! Agora, olha, levas comigo eheheh E já não te largo!

Isalenca, admiro muito a tua dedicação a esta gente e a esta causa. Gostava de me ter lembrado disso antes de ter ficado doente...

Ester, ainda não tive oportunidade de te dizer que gostei muito de te conhecer. És um doce. Andei martirizada porque não me despedi de ti como deveria... Fica um abraço suspenso para a próxima vez, ok?

Janine, tens uma vida pela frente e começaste cedo a valorizar aquilo que é mesmo importante. Tu é que ensinas, e de que maneira. A tua amizade permanece uma surpresa e é um prazer para mim (e para o resto da velharia também, tenho a certeza).

Sandrinha, desde que não te armes em esperta no Bejeweled, podemos ser grandes amigas. Não estragues...:-))))

Só mais uma vez: obrigada a todas, são pessoas fantásticas!!

Madalena disse...

Obrigada, TPLindona! Esperemos que a gripe e o caos me devolvam à normalidade para poder agradecer condignamente....

Anónimo disse...

Gaita....vinha o "elogio" bem embrulhado e....IDADE PARA SER TUA MÃE??????? Velha!! Bruxa!!!!
A Outra (menina...velha o tanas)