domingo, 8 de janeiro de 2012

À procura da máquina do tempo

Quero voltar atrás, entrar na máquina do tempo e recuar alguns anos. Ter o cabelo comprido, escuro e brilhante e não estar doente, nem nunca ter estado. Não ter rugas e papos, já agora.
A Joana já tem de ter nascido, senão já não nasce, e fico eu sem a minha maior alegria e ela sem a vida que lhe assenta tão bem. Quero os meus avôs ainda vivos e voltar a ver e ouvir as minhas avós "queixarem-se" deles, já que era o que mais as fazia felizes.
No que toca à profissão, digo apenas que gostava de voltar a tempo de não deixar certas coisas acontecer. Daria ouvidos a quem não dei e nunca teria conhecido a maçã mais podre que vi tanta gente trincar.
Lá mais para trás, nos tempos em que eu viajava imenso, a vida parecia correr de outra forma, havia tempo para tudo, o sol brilhava mais e os amigos andavam sempre por perto.
O tempo quando passa é tramado, e leva consigo muito mais do que horas e minutos. Leva-nos família, amigos, saúde, memórias... pedaços de nós. E não devolve.

T.






9 comentários:

Lina Querubim disse...

Tb quero voltar atrás para não ter perdido quem perdi...:( e emendar o que estava errado!
Beijokas bom domigo e...vamos viver o hoje...

Alda disse...

Também gostaria de voltar atrás, e saber o que sei hoje... mas não tudo...
Beijinhos Linda.

Geninha disse...

TPLINDONA pois eu quero é andar para a frente , ser feliz e ver todos os que me rodeam serem felizes...ver os netos nascerem, envelhecer com serenidade, tudo a que tenho direito.
Um beijinho grande e vamos aproveitar a vida...

Anónimo disse...

Olhar para trás, dá sempre vontade de lá voltar... mas melhor que andar para trás é conseguir andar para a frente... mesmo com o cabelo curto, os papos e tantas outras coisas menos boas que acontecem, com toda a certeza que andar para a frente é o caminho.
O passado deve ser lembrado, mas só isso, viver no que já foi não dá saúde nem alegria. A vida ainda tem muito para te dar mana, acredita!
Eu acredito! Milhões de beijos mana, amo-te muito mais hoje, um sinal de que o tempo nem sempre é a perder.

Ana Camões disse...

Teresa, tens razão, a vida leva-nos muita coisa mas tb nos dá!!! E Dá-nos novas amizades :-)

Beijinhos!!! E arrebita!!!

Anónimo disse...

i was counting on having a post on FB about your blogs... waited and then decided to check it myself. wow, what a beautiful picture, I love the ocean water. I read you and cried, dont know why, it just moved me tenderly... Here's something I read and would like to share.
http://www.oshoquotes.net/2011/08/osho-if-you-can-wait-without-desiring-everything-will-happen-to-you/
te amo, ml

Janine disse...

Um beijinho enorme e doce, querida TP!

A vida tem dado uma Joana sempre a crescer, cada dia diferente, cheia de Amor para dar.
É essa Vida que é a de hoje, e a de amanhã, num amanhã distante, será uma TeresaP a fazer um bolinho de laranja (ou de chocolate?) para o netinho que vai passar a tarde a casa da avó "fixe".
E eu daqui a 20 anos passarei lá por casa e provarei também um pouco desse bolo. ;)

Um beijo enorme. Mais uma vez, um texto magnífico, que nos toca a todos.

Saudades (mas das boas), e até breve!!! ;)

Guida Palhota disse...

Eu também gostava de viajar na máquina do tempo. De tempos a tempos, em jeito de visita, tomando tal e qual certos períodos da minha existência, e alterando outros, por via do conhecimento adquirido...
Devíamos poder gozar as nossas férias não só noutros locais como também noutros tempos, sendo que o passado da saudade é aquele que mais (me) atrai.
Goza um bom 2012, Teresa. Que seja um ano em pleno!

Beijinhos

gabriela disse...

Olá amiga pois eu também gostaria muito de viajar na máquina do tempo, visitar as pessoas que já perdi nem que fosse por um segundo, mas a vida é assim mesmo desejo-te um bom 2012 muita fé, e principalmente saude bjs e toca a levantar essa moral