domingo, 23 de novembro de 2008

Não escapei, mas quase

O próximo tratamento é na quarta-feira. Ao contrário do que aconteceu no ciclo anterior, em que fiquei muito constipada e com milhões de aftas brutais, julguei, desta vez, ter escapado desse castigo. E, de certa forma, até é verdade, só que não completamente como, até ontem, parecia ser o caso.
Uma encontro de quadros da empresa, no sábado de manhã, num auditório um tanto ou quanto gelado, com uma colega (nem olhei para ver quem era) que espirrou e tossiu para cima de mim durante a cerca de hora e meia que a sessão durou, foi demais para este corpinho que se fez maricas. Hoje passei o dia de molho, ligeiramente constipada, já com duas aftas a fazerem mossa (mas devidamente atacadas) e com uma enorme sonolência e uma antipática dor de cabeça, que me deixaram toda a tarde, sem energia, no sofá. Nada que se compare ao cenário do ciclo anterior, é certo, mas espero que isto não venha a estragar a continuação do tratamento na data programada. Na quarta-feira tenho de estar em boa forma. E vou estar, na dose certa de chazinho e torradas, nos dois próximos dias.
Amanhã dou mais notícias.
Beijos a todos e obrigada por continuarem a passar por aqui para saberem de mim.
T.

P.S. Neste egoísmo que esta doença por vezes me obriga a praticar, esqueci-me de levar a Jo à festinha de uma amiga esta tarde... Nunca tinha acontecido, estou a sentir-me uma "celente" mãe, como imaginam. Ela, não sei como, perdoou-me logo. Foi o que valeu.

9 comentários:

Anónimo disse...

Espero que amanhã não te atrevas a por o pé na rua, ou muito menos ir trabalhar para o pé daquelas bactérias todas...
Vais ver que vai correr tudo bem.
A Joana perdoou-te porque é linda, e além disso passou a tarde com a mãe e sabes como é, há prioridades na vida de uma pessoa, e tu és uma delas.
Beijo grande mana grande
m

ana disse...

O facto de ela te ter perdoado só prova que és 'celente', sim. As melhoras para as maleitas. Isso das aftas deve ser lixado. Se chegares a ter 8, sabes o que podes chamar à 8.ª? A Afta Eight!

Ninia disse...

A Joana preferiu estar a brincar com o Magalhães.

Aqui está muito frio. Cheguei e está tudo branco.

Marcela Forjaz disse...

Vamos lá melhorar a nossa "ranhozita": Oscillococcinum, 1 frasquito 3 x num dia e já está! É homeopático, não faz mal a nada...tem é um nome tramado de fixar!Peça a alguém que lhe vá buscar isto a uma farmácia e não se ateva a saír que amanhã há chuva! Beijinhos e cuide-se!( Obrigada por me ter dado a oportunidade de fazer aquilo que sei fazer melhor...mas veja se para a próxima evita esse pessoal contaminante!!!!)
Marcela

Moema disse...

Oi, Teresa.

Ontem pensei tanto em ti...
E hoje, pela primeira vez, decidi ver o teu blog, que espero ter tempo para acompanhar regularmente.
Há muitas maneiras de se estar junto das pessoas. Por isso, graças a essa nova maturidade que adquiriste, não estranharás se te disser que eu já estava, sempre estive, do teu lado.
Beijo grande, Moema

Anónimo disse...

Espero que tenhas ficado hoje em casa, a joãozinha disse que estava imenso frio.
A jo é uma menina linda que adora estar em casa contigo.
beijo grande amor cuidado com o frio.
beijo a jo
nina

ligia disse...

Esper que estejas melhorzita e não te atrevas a vir para a rua. ainda por cima ist aqui continua com um pessimo ambiente, porque o AC continua avariado. Se ptecisares aptia. A prova de que és uma celente mãe é que a tua filhota, linda não se importou nada de ter ficado contigo em casa. É uma linda senhorita! Mil beijos meu doce bom da macaca que dora tu tanto.

carla a disse...

Em tempo de "manifes" que tal começar a espalhar pela casa uns cartazes a dizer "fora as aftas", "abaixo as contipações", "está na hora de irradicar os espirros"... tudo isto feito é claro com a ajuda dos seus fieis militantes e apoiantes sempre prontos a ajudar. Toca a arribar e a arranjar forças para mais uma dose de "droga na veia". MUITOS BEIJINHOS E CORAGEM. Quem tem uma Joana como a sua tem tudo.
CA

Anónimo disse...

venho aqui regularmente saber de ti, a maior parte das vezes nada digo, mas hoje sim: que filha fantástica! ela sabe que tu és uma mãe excelente. sorte a dela.
isabelo