domingo, 14 de dezembro de 2008

De volta ao (outro) frio










É um frio daqueles que faz doer um qualquer bocadinho de pele que não se consiga tapar entre luvas, cachecóis e casacos resistentes a baixas temperaturas. Andar por estes dias nas ruas de Berlim é um excelente exercício de resistência física, até porque um vento malvado espalha os zero graus que os termómetros marcam. O Paulo e a Filipa que o digam - ao fim de duas horas na fila para o Reichtag, quase congelaram vivos. Mas basta entrar-se em casa, num café ou em qualquer sítio coberto para que o corpo recupere de imediato a sua temperatura de conforto. De volta a Lisboa, saúda-se com gosto a presença de uns magníficos raios de sol, que lá mais a Norte NUNCA apareceram durante toda a semana (diz-se que passam meses sem dar o ar da sua graça), mas depressa relembramos que, por aqui, não andamos muito mais quentinhos. Entre a chuva que vai e vem, gela-se em casa, na rua, nas lojas, em todo o lado. E pronto, lá passei um frio dos diabos enquanto tentava descansar de um dia que começou cedo de mais, às cinco da manhã (quatro vistas daqui) para apanhar o abião, que abalava às sete e meia.
Foi uma semana excelente, uma evasão de que precisava desesperadamente e que me saíu ainda melhor do que a encomenda. Estar com estes três amigos-companheiros-palhaços (de salientar fortemente este último aspecto) foi uma bênção que não esquecerei. Amanhã regresso ao mundo dos hospitais e tratamentos, que me acolherão até ao final da semana, com energia renovada e mais vontade de vencer. Na verdade, fui para Berlim para chorar as minhas mágoas (o que ainda cheguei a fazer, não posso negá-lo...), mas passei dias e dias a rir-me até às lágrimas, como há muito não acontecia.

Hoje, dormimos os três juntos (eu,o Júnior e a Jo, entenda-se), "em família", como diz a pequenita que ainda não parou de ralhar por eu não ter voltado na sexta e prolongado a brincadeira por mais dois dias.
É politicamente incorrecto, mas hoje vai ser mesmo assim, dorme feliz entre os papás. Até porque o quarto da Joana está quase tão frio como as ruas de Berlim e nem o ar condicionado sempre a bombar resolve plenamente a situação...

Beijos.
T.

Leg.
Foto 1 - O vinho quente dos muitos mercados de Natal aquece por dentro e por fora (dizem, que eu, como bem se sabe, sou "abstémica". Aqui os amigos andaram nisso durante duas semanas: Budapeste, Viena, Praga, Berlim... Foi só copos!
Foto 2 - Duas extraterrestres bem protegidas do friozinho...

9 comentários:

Fipas disse...

Halooo! Huuuuuuuuhhhhhhh! Dooooooooooooorggggggggghhhhhhht! Foi mesmo bom o conbíbio, as risatas, as conversas, os passeios, as compras, tudo! Só de me lembrar sorrio de imediato e instantaneamente! Nem dá para descrever pois só de pensar rimo-nos logo! Tenho a certeza que esta semana estarás mais forte, a lidar com o tratamento com muito mais força! És uma mulher de força, caramba!, mesmo!, por isso FORÇA! Quando vires aquela coisinha vermelha diz "DOOOOORGH!" e vais ver...!!! Beijinhos e Força!

Anónimo disse...

Seja muito bem-vinda! Que saudades de visitar o teu blog. Estás com muito bom aspecto, disse-to hoje de manhã. Acredita nisso. No interior vai uma mulher de força, apesar de intercalar lágrimas e riso. Isso é ser-se humano.
Força!

Anónimo disse...

Welcome! Vais ver que esta semana os tratamentos vão correr melhor.È bom mudar de ares e estar com os amigos,dá-nos sempre outro ânimo.
Beijos e força para a semana.

São

Anónimo disse...

Já me tinha constado que tinha sido em grande, e também não esperava outra coisa...
Ainda bem que te divertiste, rir, mudar de ares e relaxar sabe sempre bem, ainda mais com essa turma, ui...
Não sabia que o Paulo Nuno bebia vinho, espero que não comece a fumar... :-p
Boa sorte para mais uma vitória.
Beijo grande mana Grande
m

sandra disse...

Querida directora, finalmente notícias. Vejo que que divertiste e vens com um ar revigorado. Deve ter sido do frio que apanhaste! Chiça penico... Que deve ter sido de arrepiar todos os pelinhos do corpo. Sê bem vinda. Força para o novo tratamento. xau-xau, até amanhã, até amanhã

ana disse...

Fico muito contente por te teres divertido tanto. Nada mais terapêutico do que umas boas gargalhadas. E adorei 'reencontrar' também o Paulo Nuno!

Filmarta disse...

Querida!!! Que bom esse riso que te acompanhou esses dias! Eu que só te escrevo aqui de vez em quando fico contente por saber que as tuas lágrimas têm sido de tanto gargalhar (huuummmm... gargalhar existe?). Muita força e coragem para a próxima leva de tratamentos. Sabes que estou aqui... mesmo quando não apareço. Bjocas.
Filó

Susana disse...

Aqui também está muito frio!!! Isto agora não vem nada a propósito: já têm programa para a passagem de ano? susana

Anónimo disse...

Olá Teresa,
Que bom que te divertiste muito.
Só te quis vir dar um beijo grande.
Beijos e força.
Cidália