quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A marinar



(A festa dos 5 anos já foi há um ano...)


Estou há dois dias em casa, com saídas rápidas e ocasionais (como para ir buscar a Jo à escola), à espera que a quantidade dos meus glóbulos brancos suba a níveis aceitáveis para poder continuar o tratamento de quimio. Foi por essa razão, a baixa de glóbulos brancos, que fui na quarta-feira ao hospital... debalde. Passei lá horas a fio e tudo o que consegui foi levar uma injecção para aumentar a produção dos faltosos.
Daqui de casa, tenho colaborado com afinco nos fechos antecipados das nossas edições desta semana e tentado descobrir, em vão, quem é a minha amiga secreta lá na redacção. Acho que me andam a enganar à grande... mas na segunda-feira, tudo se resolverá.
Com o Natal à porta, ainda tenho algumas compras para fazer e não sei bem quando há-de ser.
Amanhã, a minha criatura favorita ao cimo da Terra já faz seis aninhos. Parece que ainda ontem nasceu... (não é, dra. Marcela?).
É uma emoção vê-la crescer, e outra pensar que posso não estar com ela durante muito mais tempo... É nela que vou buscar as forças que me vão faltando de vez em quando, mas a vida não se compadece com mariquices e o que tiver de ser, será.
Entretanto, com o quinto ciclo de quimio marcado para a próxima segunda-feira, o Natal fica virado do avesso e não vai dar para grandes aventuras. Tentarei assegurar os serviços mínimos, mas nem por isso garantidos.
É um gosto ver este ano chegar ao fim para poder sonhar com um 2009 melhor, ainda que a coisa não prometa. Sei bem que não vou ficar boa, mas conto que a situação vá caminhando na direcção certa e isso já será uma bela vitória, nesta que é uma batalha para e pela vida.
Vou dormir, que estou a ficar demasiado melancólica. Antes, agradeço a todos pelas vossas visitas a este cantinho e ao vosso carinho diário aqui, ao vivo, em mensagens, telefonemas, em pensamento, enfim, de todas as formas possíveis e imaginárias.
Beijos,
T.

P.S. Hoje soube de uma amiga que, com um nódulo no peito, espera por notícias da biópsia que já fez. E nessa incerteza viverá até ao início do ano, altura em que receberá o resultado. Também não vai ter umas Festas fáceis.
Desejo-te muita coragem, um beijo grande e o apoio certo (sem sequer perguntarem quem é, até porque eu não vou dizer) de toda esta gente espectacular que torce e reza por mim.

7 comentários:

Fipas disse...

Se há coisa que não perdes é o espírito de luta. Podes estar mais sensível, melancólica, tudo aquilo a que tens direito, mas Acredita! Acredita! Acredita! A tua pequena e nossa afilhada dá-te as forças todas, por isso acredita! Nós estamos aqui e damos-te tudo o que vem de dentro pois acreditamos! Se o mundo é feito de energias, recebe todas as nossas e acredita! Gostaria de ter uma varinha mágica com os efeitos especiais das fadas, mas... perdeu-se no caminho... uma linda menina encontrou-a perdida, tinha o nome dela gravado, Joana!, e ficou com ela para dar à mãe de presente! Aceita-a, é tua! Força Teresa! Muitos parabéns pela tua bela Joanocas!

Carla A disse...

Parabéns mamã pelo maior de todos os seus feitos e conquistas. Tive o prazer de assistir à batalha que travou para ela cá estar e de torcer por si. Valeu a pena, ela é maravilhosa e ainda hoje guardo na memória a vez que lhe dei o biberão e ela se refastelou no meu colo (e eu também por sinal, para matar saudades). E como você é uma mulher de batalhas, vamos a lá a ganhar mais esta com a coragem que eu sei que tem. FORÇA. MUITOS BEIJINHOS. Carla

Anónimo disse...

Muitos Parabéns à Joaninha! Parece que foi ontem.
Teresa, que espírito derrotista é esse? 2009 vai ser bem melhor do que este. Acredita nisso!
Beijos
Sónia

ana disse...

Muitos parabéns por essa bela filha. A maneira clara e racional como nos descreves os teus estados de espírito revelam a tua força interior, apesar do medo e da melancolia mais que justificados. É ela que vai levar-te a bom porto, acredita. Eu, por mim, não tenho dúvidas. Um grande, grande abraço neste dia tão especial.

Anónimo disse...

Parabéns à Joaninha!!!!! Quanto a 2009, vai ser o ano em que ficarás boa. Beijos. A.

Anónimo disse...

Parabéns para a mãe e para a linda princesa Joana.
Para mim 2008 também foi um ano triste, porque perdi o meu pai, mas acredito que 2009 vai ser um ano bem melhor.Acredito que como diz o A. 2009 será a tua vitória contra esse "demónio". Acredita, como todos nós que te vamos deixando o nosso apoio aqui no teu blog Acreditamos.

Continua com a tua Força Teresa.

Beijos

São

Ninia disse...

Ola.Finalmente com acesso ao blog.
Ainda estou em Berlim, feliz e infelizmente, mais 4 dias. A minha ausencia deste forum deve-se ao facto de ja estar num hotel e do trabalho näo conseguir abrir estes enderecos. Continuamos, portanto, sem til, sem cedilha e sem alguns acentos.
Foi muito bom ter a tropa aqui (entenda-se T, Paulo e Filipa). Foi uma despedida da minha residencia de Berlim em beleza.
A T. portou-se muito bem.

Mas há que repor aqui alguma verdade: näo estava assim tanto frio. A coisa piora muito mais. Para os Portugas claro a coisa assim já é muito má.

Se já aqui voltar nos próximos dias, desejo a todos um GRANDE NATAL.

Até já em PORTUGAL. DOOOOOOOCH