terça-feira, 2 de dezembro de 2008

A melhorar

Sempre que regresso ao trabalho, sinto-me uma pessoa nova. Como hoje. A companhia (e mimos) dos colegas, as tarefas, que são muitas, à mistura com responsabilidades e alguns problemas para resolver, dão cabo de qualquer pensamento sobre doenças e coisas piores. Assim, com esta ajuda e a do comprimidinho novo, hoje senti-me bastante melhor. Falhou-me só a caminhada, mas entre a ida ao shopping almoçar e a arrumação que dei nos arredores da minha secretária, fiz algum exercício. Agora estou cansada (e com aquela sensação de sinusite, que não me larga) mas depois de um jantar leve que fiz com a Jo e a avó, vamos ver as Winx e depois... caminha!
Beijocas,
T.

O casalinho está a tentar ultrapassar as dificuldades que o dia-a-dia nos traz, mas às vezes custa bastante. Como imaginam, não é fácil ser-se doente nem assistente-chefe de um dia para o outro. Dois estagiários...
P.S. A foto foi tirada pela Joana...

4 comentários:

Anónimo disse...

É o que se chama alegria no trabalho...
Quanto à caminhada, deixa lá isso, porque se "arrumaste" os arredores da tua secretária... isso dá no mínimo duas caminhadas...:-)
O comprimidinho, eu ainda estou à espera dos efeitos, estou ansiosa...
Quem tem uma avó, uma Jo, e um assistente chefe, além dos mimos no trabalho e afins, tem quase tudo!
Beijos grandes mana mais Grande
m

Anónimo disse...

Dois "estagiários"... que se amam.
Um abraço grande, daqueles em que ficamos mesmo "colados".
Isabel

Ninia disse...

O trabalho ajuda muito, mas e as compras?!!? Na próxima semana, quando estivermos nos mercados de natal aqui em Berlim, vais estar também muito bem. Só com um bocado mais de frio, talvez. Hoje aqui nevou o dia todo.

Simm, para todos os que visitam este blog, a Teresa estará aqui comigo a partir de domingo 7 a 12.

Anónimo disse...

Depois de conhecer algumas das tuas colegas, acredito que realmente te sintas muito bem ao pé delas, além de tuas amigas sente-se o carinho delas por ti, um beijo para elas.
O casalinho estagiário, vai ultrapassando as dificuldades do dia a dia como qualquer casal,pois isto de viver a dois requer a qualquer um ,treino diário.
Beijos grandes amor
nina