sábado, 20 de dezembro de 2008

Um estranho Natal





(Agora já tenho seis anos!)


Dois dias de festa foi o resultado do sexto aniversário da piquena. Sexta-feira: festa na escola, festa da escola. Sábado: almoço-festinha com os amigos (20!) nos Meninos da Linha e lanche com o Paulo, a Filipa e as Ritas Guerra e Lino, que nos fizeram uma simpática visita.
Muitos presentes, muita coisa para arrumar, um quanto stresse, alguns presentes ainda por comprar (e hoje, nada, que o dia não deu para isso), o tratamento já na segunda..., o Natal na quarta (será que vou conseguir sair de casa?), trabalho (outro fecho!) na sexta (e a Jo sem escola)... enfim, muito em que pensar. O espírito natalício no seu expoente máximo, uma época festiva em cheio. Realmente, este ano foi mesmo estranho, ainda bem que está a acabar.

Beijocas,
T.


P.S. Mais uns recuerdos de Berlin

8 comentários:

Anónimo disse...

Olá bom dia, espero que a festa tenha sido boa, a jo estava linda, com pena minha de não assistir á festinha, mas a minha festa foi outra 4h de comboio, mas hoje para compensar vou ter uma festa com 70 ou 80 crianças de idade a partir dos 70 eeeee vai ser uma animação...
Desejo um bom domingo beijos grandes para as minhas princesas
nina

Anónimo disse...

Mana
Deixa-te de stresses, faz as coisas ao teu tempo e à tua medida, agora o importante és tu, não é o Natal, nem os presentes, nem o fecho da revista...
Só tens que fazer o que fores capaz e ouvir o teu corpo, o resto... não interessa nada...
Também acho que este ano foi mesmo estranho, e também estou desejosa que acabe...
Tudo vai melhorar e logo está tudo azul... pensa em ti, que nós fazemos o mesmo.
Beijos grandes mana Grande
m

Ninia disse...

Como encontrei mais um computador disponível, aqui väo mais umas palavras.
A Jo está linda!!!!! E a Ninia também queria estar na festa.
Aqui continua o stress dos últimos dias, com muitas festas de despedida, muitas prendas e muitas emocöes, por vezes contraditórias.
Bjs

Ligia disse...

A Jo está linda e uma senhora crescida. Quanto ao natal é quadra que se eu podesse saltava por cima. O 2008 não foi nada generoso contigo meu doce, mas tenho a certeza que o 2009 te vai compensar e vai ser muito bom. Mil Beijos da tua macaca que te adora e que já não vinha aqui espreitar há muito tempo.

pocahontas disse...

Para não dizeres que não escrevo nada, aqui vai um grande beijinho da tua priminha que te adora.
ChuaaaK!

ana disse...

Só venho desejar um Natal muito feliz para ti e para a tua adorável família. A prenda que vou pedir ao Pai Natal é a remissão completa e total desse teu bicharoco. Um grande abraço!

ana disse...

Teresa, dá notícias!

Anónimo disse...

Olá, estive péssima, estou agora à frente do computador só para dizer que estou a começar a ficar um pouco melhor.
Beijos,
T.