quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Nuvens baixas

Num dia de chuva destes, com o meu avô a enterrar e a medicação a fazer-se sentir, ainda que com generosa moderação, não há muito como animar o espírito. Às vezes temos de deixar que um dia tão cinzento seja mesmo assim, mauzinho...
Bjs,
T.

7 comentários:

Ana Freitas disse...

Minha linda, lamento pelo teu avô. Quanto ao tempo, realmente não anima ninguém. A solução é descansar ou curtir uma boa série, daquelas a pedir uma maratona... Um beijo e muita força.

Anónimo disse...

Amanhã o sol brilhará mais alto, espero...
Beijo grande mana grande
m

Anónimo disse...

Eu e a minha mãe lamentamos a morte do teu avô.Amanhã será outro dia,esperemos que mais animador. Este tempo é para a "depressão".
Hoje nem deu para dar uma voltinha, só mesmo para ir beber café ao lado da minha casa.

Beijos muitos grandes

São

ana disse...

Amiga, hoje também me despedi da minha tia. Sei como te sentes. É tão triste vê-los partir. Só nos resta guardá-los num cantinho soalheiro do nosso coração. Um abraço sentido.

Marisa disse...

Lamento pelo seu avô. A vida não é sempre colorida é verdade, às vezes temos que aceitar que há dias cinzentos.

Ás vezes apetecia-me falar consigo, mas acabo sempre por não arranjar coragem para lhe ligar.

Beijocas
Marisa

Anónimo disse...

A verdade é que são precisos os dias cinzentos para sabermos apreciar os outros, com Sol, nem que seja pouco.
Bjs.
Isabel

carla disse...

Lamento pelo seu avô, infelizmente a vida é mesmo assim e eu tenho de ir me preparando para esse facto, com a minha "velhinha". Muita força e ânimo é o que eu mais lhe desejo, melhores dias virão e com mais Sol.
MUITOS BEIJINHOS