terça-feira, 24 de março de 2009

Menos mal

Sim, o interruptor hoje está mesmo a meio. Nem para cima, nem para baixo. Ou seja, estou melhor. Lá fiz o meu programa de rádio do dia, e aproveitei para me queixar ao médico destas náuseas horríveis. Vim com uma receitinha, pode ser que resulte.
Hoje não trabalhei, depois da tareia de ontem não havia energia que chegasse. Peço desculpa aos colegas por ter sequer tentado trabalhar naquele estado. Não só não fiz nada de jeito como ainda preocupei as pessoas. Foi mesmo um dia para esquecer. Acho que não sou mesmo a melhor pessoa para orientar uma história de capa em que a "protagonista" morre de cancro seis meses depois do diagnóstico, com apenas 27 anos. Acho que isso também mexeu com os meus nervos, ainda que não de forma consciente.
Bom, e hoje? Ora bem, dormi até ao meio-dia (depois de ter despachado a Jo de manhã mais cedo), fiz uma aula de hidroginástica (arrepiante, cheia de mãos e braços dados com as companheiras de piscina. Obrigada, Filipa, por teres estado lá para me salvar), cancelei o contrato telefónico com a PT, aderi ao pacote Fun 3, com TV, internet e telefone, e ainda... uma box à parte para a Sport TV (yes!!!!), comprei um telefone (baratinho, que o outro estragou-se) e quase comprei uma nova impressora, scanner e fotocopiadora, linda, 3 em 1, mas parei a tempo. Mais uma vez, obrigada Filipa por teres estado lá a ajudar-me a gastar dinheiro. Esta miúda é um perigo! Mas senti-me óptima. As náuseas voltaram depois a caminho da clinica, e pronto, restabeleceu-se a normalidade.

E agora, vou jantar uma sopinha da avó (a sério, não é marca nenhuma do supermercado) e a seguir arrastar a Jo comigo para a cama e.... mil perdões (mas hoje o pai não está cá para protestar), ver telenovelas até adormecermos!!!! Isto é que é uma educação esmerada.

Beijos, beijos
T.

6 comentários:

Ninia disse...

Ainda bem que te sentes melhor. Já só falta uma semana. Depois vais voltar a sentir-te bem.´
E até pode ser que as náuseas não sejam assim tão más :-o. Pelo menos, tens comido menos? :-)

Anónimo disse...

Eu sabia!!! Era o que faltava que o interruptor não subisse... ainda bem que te sentes melhor!

De facto não devias ter ido trabalhar - por todas as razões - tens que aprender a defender-te de certo tipo de situações, forte sim, mas calma, não há estrutura emocional que aguente... menos, menina Teresa, menos...
Quanto à piscina, vais ver que não tem mal nenhum dar a mão a quem não conhecemos, é até bom... logo logo, vais acabar por te livrar desse "medo".

Que bom programa esse, a Joana está cheia de sorte, pela mãe que tem e por o pai não estar em casa, que coitado ainda vai carregar com ela quando chegar... :))

Sweet dreams!! Se quiseres vou contigo amanhã, please call me... :))
Beijos grande mana Grande, luv u :))
m

Fipas disse...

Força, já falta pouco!

E faxavor de identificar as Filipas que esta Filipinha aqui não te fez gastar money nenhum, a não ser em Berlim... ahahahha!

Beijinhos e força!

Anónimo disse...

pois pensei que eras tu a gastadora... eheheh
m

Anónimo disse...

Olá teresa:)
Não é a 1ª 2ª nem a 3ª vez que visito este teu " cantinho fantástico " mas a 1ª em que vou deixar a 1ª de muitas marcas pessoais!
Tomei conhecimento deste teu Blog através da tua Irmã Maria João uma grande AMIGA minha que eu muito admiro e por quem nutro uma grande estima! E por ti também apesar de não te conhecer pessoalmente vou tomar a presunção de dizer que é como se já te conhece-se! És uma pessoa fantástica...a força, coragem a energia positiva que consegues aqui transmitir é única!...Não estou a passar pelo mesmo drama que tu mas compreendo-te em muitas situações...o meu pai faleceu de " Mieloma Múlptiplo " fez em Dezembro um ano e a minha mãe também tem um cancro mas de momento controlado! Sinto de formas diferentes as frustações...impotências...raivas...e muitos mais adjectivos q n vale apena referir agora!
Vais conseguir ultrapassar esta má fase!!! E eu serei uma presença assídua neste teu canto:) E qualquer coisa estarei sempre presente um beijo enorme deste teu novo amigo:)
José Goiz

Anónimo disse...

és tão querido Zé... :))
m