sexta-feira, 30 de julho de 2010

Morte da treta

Estava aqui a olhar, sem saber o que escrever, quando ouvi a notícia: morreu o António Feio. Pronto, já não vale a pena pensar mais: foi-se mais um Guerreiro. E um dos grandes, fartou-se de lutar, sempre com um sorriso nos lábios, sempre com uma força admirável e um sentido de humor que não teve tempo de perder.

Sem ele saber, ensinou-me muito sobre esta treta toda.

T.


(do arquivo pessoal do AF, cedida à tvmais)

17 comentários:

Natália disse...

*

Lina Querubim disse...

*

Marcia disse...

*

Gatapininha disse...

*

Cinda disse...

*

Nela disse...

*

Guida Palhota disse...

*

IsaLenca disse...

*

Geninha disse...

*

Alda disse...

*

maguie disse...

*

Janine disse...

Beijinho doce, querida Teresa...

Um grande Homem... *

Anónimo disse...

Uma grande treta de facto... muitos beijos mana e nunca te esqueças de tudo o que aprendeste...
Beijos a todas!!
❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤
m

Anónimo disse...

*
m

Anónimo disse...

estamos muito tristes, pois...
Teremos que torcer, agora, por outro guerreiro, figura pública da política, o Miguel Portas..
Força Miguel
TM

angelina disse...

beijinhos Teresa
e um bom fim de semana

Madalena disse...

Muito triste, mesmo! Vou ver se ponho em prática a mensagem que nos deixou: dizer o que há para dizer; fazer o que há para fazer.
Beijinhos TPLindona e outras meninas.