segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Desarrumar com sorrisos

"Os amigos não morrem: andam por aí, entram por nós dentro quando menos se espera e então tudo muda: desarrumam o passado, desarrumam o presente, instalam-se com um sorriso num canto nosso e é como se nunca tivessem partido. É como, não: nunca partiram".

António Lobo Antunes
Revista Visão, 15-11-2012

Não sei lá muito bem o que isto é, ainda tenho pouca experiência de perdas... Mas como convivo de perto com a morte, o que sei é que, quando partir, gostaria de poder desarrumar alguns corações. Sempre com sorrisos, claro.

T.


5 comentários:

Madalena disse...

O meu pai! Nunca o perdi! As palavras, o tom da voz, o sorriso, as ideias... ficaram cá. Mais uma vez o LA acerta em cheio! Beijinhos, Teresa!

OutraMaria disse...

ficamos sempre com a melhor imagem de quem parte. Para mim quem parte antes de mim é um anjo que me vai proteger e um dia nos voltaremos a encontrar :) beijinho e força

angelina disse...

❤❤❤

Anónimo disse...

Querida TP, é claro que vais desarrumar muitíssimos corações...!!!concordo com o LA...muitos beijinhos grande amiga..- Ester

Anónimo disse...

tu desarrumas tudo, quanto mais sorrisos, cabeças, afectos...sei lá! Pões no nosso coração uma bagunçada de emoções que com estes belos textos...a malta ainda fica mais desarrumada!!
Um beijo, não montes deles, bem desarrumados que vais fazer o favor de arrumar nas prateleiras do teu coração!!
TM