segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Mais uma

Se eu ganhasse um euro por cada minuto que passo no hospital, sempre esta doença me rendia um pé de meia jeitoso.
Foram mais três horas hoje, quase uma para fazer análises e mais duas para ser atendida por uma médica que pudesse confirmar que a última medicação tinha sido bem receitada. Como eu suspeitava, não foi, pelo menos totalmente. A droga forte, o citostático, estava bem, mas faltou a administração de um corticóide, que funciona como anti-inflamatório... Daí as pernas inchadas, as feridas na cara, a garganta permanentemente inflamada, tudo o que tenho sofrido nas últimas semanas... Ou a minha médica (não estava lá hoje) teve uma boa razão para retirar essa medicação ou estive a sofrer... para nada!
Entretanto, estou com anemia, ainda me falaram em ter de levar uma transfusão (entrei em pânico, mas parece que não é nada de outro mundo) e não fazer já a próxima quimio. Mas à tarde ligaram a dizer que, afinal, podia fazer.
Enfim, não posso dizer que não quero fugir para bem longe, que estou com força para mais um tratamento, que não estou cheia de medo de ficar sem forças sequer para me levantar da cama, que não estou irritada com o serviço no hospital, que não estou exausta disto e de tudo, e que, apesar das boas notícias da semana passada, não estou a sentir-me em péssima forma física e espiritual!
Vamos a isso, já só faltam duas, esta e mais uma.
Beijos,
T.

12 comentários:

Daniela disse...

isso, pensa assim... só faltam 2 e passa num instantinho... daqui a nada livras-te disso...
força Teresa, vais aguentar.
beijinhos

Gatapininha disse...

Força Teresa!
É só este mais um, logo logo já acabaram.
jokas

Natália disse...

Está quase Teresa
Força Mulher,prá frente é que é o caminho.
Beijinhos e boa noite,tens um miminho no meu blog

TeresaM disse...

a tua médica.....havia de passar aqui pelas zonas do Sul que a gente dava-lhe uns citostáticozinhos assim a seco, sem acompanhamento!!!
Uma coisa tens por certa: desta vez não vais ter falta de corticóides...
quanto ao estado de espírito, não só faltam duas, como devidamente administrada, a quimio, vai-te fazer bem, mesmo muito bem.
E como não vais ter os sintomas pela falta dos corticóides, vais passar melhor.O que importa é que vais dar cabo das "ranhosas" das metástases!
Um grande beijinho

maguie disse...

Esta quase Teresa, eu sei o sofrimento que é, e á medida que o tempo avança a ansiedade é ainda maior, pensa que a partir de amanhã já só falta uma, e depois estas livre da quimio que faz-nos bem mas que é tão dificil de suportar.

beijinhos
..

Anónimo disse...

oh my, 'tadinha... muito chato mesmo. Ainda bem que lhe sobraram forcas para ir ao hospital "tirar satisfacoes"... Respira fundo, mana, e keep on saying:



* I AM POWERFUL

I AM CREATIVE
AND I CAN HANDLE IT! maria

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
beatriz disse...

Olá Amiga,
Tens mesmo que pensar que só já faltam duas para o fim!
Agora a transfusão... não sei se sabes que aqui Há uns 5/6 anos estive a "bater a bota" com uma operação à visicula que correu muito mal... bem, eu sou uma péssima doente e nos entretantos tive que levar uma transfusão. Panico e histeria completos no Hospital da cuf! guinchei, esperneei e gritei a plenos pulmões que NÂO! lá vieram todos ( aquela gente teve uma paciencia de jó para me aturar durante um mês!) e depois de me convencerem que precisava mesmo ou a coisa corria mal eu aceitei... magnanima! mas, com uma condição: não queria ver o sanguinho! e sabes o que eles fizeram? enfiaram um saco de papel pardo no saco da tranfusão e assim foi!tudo tapado para a menina não ver! uma vergonha! mas nos finalmentes é só memsmo a ideia que estamos a receber sangue ( que já nem é sangue...) de alguém que não sabemos quem é que faz confusão... e cenas destas... tenho muitas! uma verdadeira vergonha hospitalar! mas deixei muitas histórias para aquela gente contar e rir!
Um beijo para ti e muita força!
E, se for mesmo necessário... pede o "gorro"!

Madalena disse...

Olá Teresa. Um pé de meia jeitoso não digo, mas que que ajudas mais do que a Lotaria da Misericórdia lá isso ajudas. Pelo menos, a mim! Beijinhos e muita força. Tu tens. Eu sei que tens.

Natália disse...

Beijinhos Teresa

maguie disse...

um beijinho Teresa, espero que a ressaca seja bem levinha

beijinhos
..

EP disse...

Desejo que corra tudo bem, já só falta 1.

Beijinhos