quarta-feira, 23 de março de 2011

Fuga para a frente

Do meio do caos, tenho provas dadas de que sou capaz de encontrar um bom caminho a seguir. Há, como houve no passado, momentos na minha vida em que parece não haver saída para certas situações, chamemos-lhe, "problemáticas", e eis que tudo se resolve, com os mais variados graus de dificuldade.
É a certeza, renovada e confirmada, de que para tudo na vida há remédio, excepto para a morte, e dessa tenho mesmo que continuar a fugir, a sete pés. É pois dessa fuga que vos quero falar hoje. Ando a fugir pelo caminho errado...

Tinha consulta amanhã, e não vou. Porque... não fiz as análises. Porque... não sei onde escondi a requisição das ditas cujas. Também não fiz a ecografia ao fígado. Porque não quis. Porque tenho tanto medo que já nem quero saber mais nada. Não estou pronta para más notícias. Estou mais do que receptiva a boas notícias. Mas como não sei o que aí vem, tenho escolhido ficar assim: forte e aparentemente saudável. Não me vejo capaz de regressar ao passado, mas ele morde-me as canelas. Dois anos e meio após o diagnóstico e duas quimioterapias, persegue-me a sombra de uma recidiva que se diz anunciada. Dizem mesmo que devo estar preparada para tal. Mas como é que isso se faz?

Pronto, por isto que aqui vos conto, tive de adiar a consulta por uma semana. A consulta e os tratamentos... Hum... não será boa ideia, não... Talvez um destes dias faça o raio das análises.

Beijinhos. E venha de lá a pancada.
T.

14 comentários:

Susana Neves disse...

Beijinhos Teresa

Anónimo disse...

não há pancada querida amiga. Todas te compreendemos e, haverá quem te diga que tem feito quase o mesmo...quase (moi même)! Estou a fazer o herceptin, faço a hormonoterapia e as rotinas são anuais..há quem me diga que deveriam ser mais apertadinhas, talvez semestrais, pois tal como dizes, está sempre no horizonte a dita recidiva para quem tem, ainda, indicação para continuar a fazer o herceptin ( sónia sabe bem porque o digo). Daí que a malta vá adiando, confiando na sorte, na ignorância pois...quando tive a minha recidiva, sentia-me lindamente, tão bem que hoje sei como esta doença é traiçoeira....Não ng te dá pancada, pois estas mafiosas todas sabem o que dizes e porque o dizes..ai sabem, sabem!
TM

ClaudiaV disse...

Compreendo-te bem... ando nisto desde junho e já tou farta disto. Muita força! Beijinhos

maguie disse...

beijinhos Tp bola para a frente....
..

Graça disse...

Prima
Oh!, como este pessoal te compreende!
O medo é normalíssimo, mas não podemos abusar da sorte, o que é para fazer...tem que ser feito, não adianta meter a cabeça na areia.
Eu estou a uma semana de um exame que nunca fiz, e acho que vai ser buéeee de difícil, também estou com tanto medo!..., mas tem que ser feito...paciência!
Beijinhos

gabriela disse...

Olá amiga força vai estar tudo bem, beijo grande

Madalena disse...

Traduz pancada por um beijinho e um abraço!!!! Confia Teresa! Em ti, na tua capacidade de lutar, na tua força. Já deste as tais provas de que é em ti que tens de acreditar. Depois, acredita, no gang todo que torce por ti e por cada uma, à vez, conforme é preciso. Mas com uma intensidade que não hipótese ao mal de se instalar. O tal beijinho e o tal abraço!

Nela disse...

E quem é que não teve já a tentação de não fazer exames, de falhar uma consulta e mandar aquele controlo todo às couves??? Que se lixe! O que for, será!

E então, deu descanso? Não. Fica sempre, lá no fundo, uma vozinha a dizer: e se não fores, e se tiveres que fazer outra coisa, e se... E afinal, o que se lixa somos nós e a nossa tranquilidade.


Essa tentação já tive, sim. Mas escolhi bem. E tu também vais escolher. Foi só um adiamento...Sem culpa, sim? Com

Beijocas

IsaLenca disse...

Bjs e força!

Guida Palhota disse...

Querida Teresa

Não sei como é que uma pessoa se prepara para uma recidiva. E acho até que a pessoa não deve preparar-se, pois só esse facto (que nem sei se é facto ou fica só ao nível dos pensamentos, sentimentos e sensações que podem ser falsos indícios) já significa pôr claramente a hipótese de ela aparecer ou, pior, assumir que ela vem de certeza e só não se sabe o dia...
Se eu fosse a ti, comprava uma pasta bonita para guardar todos os papéis (requisições, relatórios de exames, etc.) e colocava lá dentro todos os que agora encontrasse e todos os novos, destinando, em casa, um lugar fixo para essa pasta descansar. É uma hipótese para controlares a papelada - sugerida por quem tem muito mais facilidade em sugerir do que em fazer, mas é com boa vontade, pois entendo muito bem a chatice dos papéis...
E depois... ia fazer todos os exames, claro. Porque a verdade nua e crua é que tudo o que aparecer de mau tem mais hipóteses de ir com os cães se for detetado a tempo. E tu sabes bem disso.
E pouco mais, querida TP. Quem sou eu para te dar pancada? Nem pensar nisso. Desejo é que vivas o quotidiano com alegria, pensando pouco e fazendo muito daquilo que te dá prazer. E nunca sofrer por antecipação.

Montes de beijinhos
e uma tacinha de carinho

Anónimo disse...

Tou com a Guida mana, vai mazé fazer os exames...
Apesar de não entender nada do assunto, compreendo os teus receios, mas como diz a Guida, não sofras por antecipação, uma coisa de cada vez, o medo é o maior inimigo de tudo, e tu já tens um, não precisas de mais.
Amo-te do fundo do meu coração, e estou contigo o que decidires, mas... vai mazé fazer os exames... ;)

Marina da Silva disse...

Teresa,
Quem teve um diagnóstico de câncer e não passou pelo que esta passando, mesmo que tenha sido por um breve momento? Eu tive muiiiiiiiiito medo de morrer, de deixar minha filha sem mãe, de não mais trabalhar, de perder o marido, dos hospitais, clínicas, médicos, um medão enorme da doença voltar! Quase morri...DE MEDO! RSRS
E muita gente me ajudou e amparou e me fez seguir no caminho da cura! Nada de pancadas, ninguém pode criticar você! Se precisa de um tempo de tudo isto tudo bem! Depois a cabeça volta ao lugar e será vc que distribuirá umas pancadas nesta doença! Fica com bem, Deus lhe enviará sua luz de cura viu? Abraço carinhoso> Marina. Brasil

angelina disse...

Bom fim de semana Teresa
e beijinhos eu sei que vives num medo constante eu tambem sou assim
embora eu tenha menos razões para isso.

Ana Camões disse...

Olá,
Recebi um selo dos blogs que merecem serem lidos e quero oferecer-te!
Vai ao meu blog, anexa o selo no teu e segue as instruções da.
Beijinhos